quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Um dia de trabalho e confraternização, assim foi o 94º mutirão do PNT

O mutirão organizado pelo PNT foi muito bom! Foram aproximadamente 60 pessoas, sendo cerca de 15 do Trilhas Quase Secretas/SOS Trilhas. O evento contou, também, com participação de outros grupos que colaboram regularmente com mutirões do Parque.
O dia começou com uma palestra bem interessante sobre anfíbios, ministrada pelo pesquisador da UERJ, Thiago Arnt Dorigo. 

Thiago Arnt Dorigo iniciando a palestra sobre anfíbios.
A palestra foi tão disputada que faltaram lugares!
Após a palestra nos dividimos em grupos para realização dos trabalhos propostos. Uma parte ficou responsável pelas trilhas e a outra ficou na área de limpeza e manutenção de monumentos.
As trilhas trabalhadas foram a Castro Maia, Caminho do Leopoldo, Caminho do Vale São Miguel e Caminho da Cova da Onça, onde foram realizadas a pintura de setas, a desobstrução/limpeza de drenos e a retirada de galhos caídos ao longo da trilha que dificultavam a passagem dos visitantes.
 
Jeremias Freitas desobstruindo um dreno.
Voluntários sinalizando a trilha.
Voluntários sinalizando a trilha.
O local escolhido para os trabalhos de limpeza e restauração de monumentos foi o estacionamento da Cascatinha Taunay. Alexandre Justino deu uma verdadeira aula sobre a história do lugar e nos orientou sobre todos os cuidados que deveríamos tomar. Limpamos a banheira de mármore Carrara do Século XVI e iniciamos a  pintura no Totem em homenagem a Taunay (a previsão é de que a pintura seja concluída no próximo mutirão, em janeiro).





Depois do trabalho retornamos ao Centro de Visitantes onde certificados e camisas foram entregues pelo Parque. Tiramos a foto oficial do grupo e, para encerrar o dia, participamos de uma confraternização com muitas guloseimas preparadas com carinho pelos voluntários.  

Lucia Maria recebendo certificado.
Lucio M. Palma mostrando a camisa do voluntariado, confeccionada pela Rio Eco Consciente.
Foto oficial com os voluntários que participaram do mutirão.

 

Segue, abaixo, agradecimento do coordenador do voluntariado a todos que participaram do mutirão.
 

“Amigos voluntários.

Gostaria de agradecer primeiramente à dedicação de todos os 510 voluntários que compareceram aos nossos mutirões este ano, perfazendo uma média de 2.550 horas de trabalho voluntário em prol do Parque Nacional da Tijuca. Este trabalho acrescentou em muito na preservação dos nossos patrimônios natural, cultural e histórico.
Agradeço também à dedicada equipe da Monitoria Ambiental do Parque, que organiza os mutirões, acompanhando e orientando as atividades dos voluntários.
Realizamos mutirões de reflorestamento, manutenção de trilha, recuperação de monumentos, recolhimento de lixo... Em vários locais do Parque.
Mais do que o trabalho, os maiores benefícios que vejo são as amizades que fazemos durante essa jornada e o efeito multiplicador de nossas ações, além do bem estar de ter realizado tantas melhorias, fazendo parte da história de nosso Parque. Sim, vocês com certeza deixaram registradas suas marcas em cada degrau, cada dreno, placas colocadas, cada lixo recolhido e em cada ação feita durante toda a história do voluntariado do Parque Nacional da Tijuca, procurando deixar um mundo melhor para todos.
No próximo ano estaremos completando 10 anos de voluntariado no PNT. Será em fevereiro. Então vamos pensando no que podemos fazer para comemorar essa marca histórica. Principalmente no Brasil, onde a cultura do voluntariado está apenas engatinhando. Creio que somos referência, exemplo a ser seguido. Com certeza temos muito a aprender e melhorar, mas estamos no caminho certo.
E, fechando com "chave de ouro", o 94º mutirão teve a presença de 63 voluntários, com realização da palestra "Vivendo em uma floresta replantada: A ecologia de anfíbios como ferramenta de conservação ambiental" de Thiago Arnt Dorigo, da UERJ, manutenção de trilhas e sinalização, restauração do totem da Cascatinha (agradecendo ao Alexandre Justino) e uma bela confraternização onde muitos atenderam à solicitação e trouxeram suas especialidades, tornando a festa uma alegria de sabores, lindamente preparada pela equipe do Centro de Visitantes.
Agradecemos também em especial os parceiros que nos apoiaram durante o ano todo:
Amigos do Parque, APPAI, Deuter, Banda Forfun, Unicerj...

Feliz natal e um ano novo de muitas realizações e de um mundo melhor e mais equilibrado ambientalmente

Lucio M. Palma
Parque Nacional da Tijuca
Monitoria e Voluntariado”